Nascido sem braços

           

Quando Tudo Parece Impossível

Você pode imaginar como seria a sua vida, se tivesse nascido sem braços?

Uma pergunta para a qual talvez não tenhamos resposta, pois não ter os braços parece um desafio acima das nossas forças, já que braços e mãos são nossos instrumentos mais usados.

Agora imagine você sem braços e ainda assim dirigir um carro…

Mas não só isso: tocar guitarra também. Isso é impossível, você diz.

Pois essa é a realidade de José Antonio Meléndez Rodríguez, conhecido como Tony Meléndez.

Tony nasceu na Nicarágua e hoje é músico consagrado nos Estados Unidos, para onde se mudou com seus pais com um ano de idade, em busca de ajuda médica para corrigir um defeito num dos pés.

Na gravidez, sua mãe fez uso do medicamento talidomida, o que provocou a deformidade física.

Mas Tony não deixou que a falta dos braços o impedisse de viver. E viver com alegria.

Jamais permitiu que a limitação física lhe tirasse o prazer de cantar. Desde muito pequeno começou a tocar algumas notas

musicais com os pés e logo descobriu que poderia afinar a guitarra de forma a atender sua necessidade.

Aos 18 anos Tony já tocava e cantava em eventos especiais, e fazia sucesso. Mas ele não canta, apenas. É compositor também.

Aos 25 anos, Tony teve a oportunidade de tocar sua guitarra com os pés e cantar para milhares de jovens, na presença

do papa João Paulo II, na cidade de Los Ângeles, no ano de 1987.

Um disco giratório junto aos pedais do veículo também foi a solução para que Tony pudesse dirigir seu próprio automóvel,

fazendo uso dos pés.

E é assim que Tony Meléndez supera suas limitações, fazendo o que muitos acham impossível, sempre com muito amor a Deus

e a sua família: esposa e dois filhos adotivos.

Numa entrevista o jornalista lhe perguntou: ?como tem sido sua vida sem suas mãos??

E Tony respondeu, sempre bem-humorado: ?eu não conheço as mãos, pois não as tive. Nunca tive esse dom de poder mover

 um dedo, de segurar um telefone, um lápis. Meus pés sempre foram meus dedos, minhas mãos?.

Ao final da entrevista, o jornalista lhe perguntou: ?que mensagem você daria àqueles quem têm algum problema e que estão tristes??

?Eu digo a mesma coisa para quem não tem e para quem tem tudo: não deixem a fé ir embora de seus corações, pois às vezes temos momentos em que ninguém pode nos ajudar.?

E para desafiar suas próprias potencialidades, Tony escreveu um livro autobiográfico, intitulado ?A gift of hoppe? (um presente de esperança), e tem vários CD´s gravados, tendo se apresentado em 28 países.

Para finalizar, ouçamos alguns conselhos desse músico sem braços:

"Eu vejo uma pessoa como você que tem os braços, as pernas, que tem tudo, dizer: não posso, não posso.

Sim, pode; sim, pode!

Quando as pessoas me perguntam onde estão os milagres, eu sempre digo: eu vejo a mão. E quando alguém levanta a mão,

para mim isso é um milagre.

Por favor, não me digam que não podem, não me digam que não podem porque vocês, vocês, podem fazer muito, muito mais.

Levantem-se e digam: eu quero, eu posso, eu vou seguir adiante.

Há um mundo inteiro só esperando a sua mão dizer sim."

……………

E, quando tudo parecer impossível, lembre-se que basta apenas dizer: ?Eu quero! Eu posso, eu vou seguir adiante.?

Beijos no corações

Clarice

 

Esta entrada fue publicada en Mensajens. Guarda el enlace permanente.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s